Web Estratégica


Consultoria de Marketing

Como fazer seu e-commerce vender mais

Com o crescimento do uso da internet no Brasil e a consolidação desse mercado, o medo do consumidor diminuiu e o e-commerce cresceu.

Junto com as vendas, cresceu o tamanho da concorrência. Todo mundo quer estar nesse negócio incrível de estoque ilimitado e portas abertas 24 horas por dia.

Como fazer então, para trazer esses clientes, ávidos por comprar na internet e receber produtos na comodidade de casa, para o seu e-commerce?

Assim como a concorrência é grande, existe muito despreparo no mercado, para atender o cliente. São inúmeras reclamações: deficiência da plataforma, fotos ruins, poucas informações sobre o produto, cadastros muito longos, sites que travam, atendimento ruim, SAC que deixa a desejar, problemas de logística, erros na entrega, só para ficar nos mais básicos.

Para vender pela internet, é preciso oferecer uma boa experiência de navegabilidade para o usuário, para começar. Sua loja oferece uma navegação funcional? Essa é a primeira pergunta.

– Invista em SEO. Otimizar o site para ser encontrado pelos mecanismos de busca é mais importante do que parece. O consumidor precisa encontrar o seu site e ver a sua oferta, no meio de um conglomerado de sites parecidos, para poder fazer a compra. Ele vai acessar o Google, vai buscar pelo produto, pela categoria, e você precisa aparecer para receber cliques.

– Invista em Links Patrocinados. Não tem tempo para esperar o site se posicionar bem na busca orgânica? Quer os resultados para hoje? Invista em Links Patrocinados. Seu site e sua oferta vão aparecer logo abaixo do campo de busca e à direita dos resultados. Você decide o quanto investir e o planejamento vai buscar a melhor solução dentro das suas possibilidades.

– Use e-mail marketing. É uma ótima ferramenta para fazer contato e criar relacionamento com seus usuários, oferecer descontos, oferecer a eles ofertas parecidas com coisas que já compraram, tutoriais, etc.

Use redes sociais. Podem divulgar a marca, os descontos, o posicionamento. Além disso geram tráfego e estabelecem uma relação maior de fidelidade através de conteúdo. Não precisa estar em todos os canais, selecione os melhores.

– Boas imagens. Boas fotos do produto que você vende são essenciais para mostrar para as pessoas como ele é. Se ficarem na dúvida, as pessoas não compram. Quanto mais informações e esclarecimentos sobre o produto, melhor. Isso inclui também o texto. Tamanho, cor, tabela de medidas, zoom nas fotos em alta resolução, etc.

–  Utilize o máximo que a sua plataforma oferece, como sistema de recuperação de carrinho, avise-me quando disponível para quando não tiver o produto em estoque, faça seu pedido, etc… São informações que o consumidor deixa pelo site, que podem ser utilizadas posteriormente para enviar um e-mail ao cliente querendo saber motivos da desistência, oferecendo produtos com desconto, condições especiais de compra, estabelece contatos, etc. (imagem do Enjoei.com)

– Faça pós-venda. É uma forma de fidelizar os seus clientes, para não perdê-los em uma próxima compra. Após a venda, informe por e-mail o prazo de entrega, agradeça a compra, mande novas ofertas com aquele perfil, etc. Ao conhecer os hábitos de compra dos clientes fica mais fácil mandar ofertas com o perfil deles.

Tudo isso é importante. Mas é parte do que a concorrência já está fazendo, e talvez, seja o básico para entrar no mercado das grandes lojas, além dos requisitos de preço e logística.

Uma coisa que o marketing de conteúdo é capaz de fazer por você que pode ajudar no posicionamento, fidelização do cliente e consolidação da marca:

– Resolver um problema do seu cliente.

Você pode ajudar o seu cliente a comprar.

Ele quer a sua ajuda. Sugestões verdadeiras de opções, como escolher, como usar, como comprar, tutoriais, vídeos, muitas formas de fazer conteúdo ensinando como usar o seu produto, etc.

Tudo depende do que você vende. Lojas de construção podem falar de decoração, lojas de cosméticos falam de beleza, supermercados falam de nutrição e saúde, lojas de eletrônicos podem fazer tutorais sobre games, produtos e formas de usar, e assim infinitamente. A ideia é fornecer algo para o cliente, gratuitamente, que vai ajudá-lo de fato, conteúdo de qualidade. O texto ainda vai ajudar o SEO da sua empresa. Pense nisso.