Web Estratégica


Consultoria de Marketing

Marketing Político Digital

Marketing Digital Eleitoral

O marketing digital eleitoral é a atividade que planeja e implementa ações do Marketing tradicional nos meios digitais, com objetivo de gerar interatividade entre uma campanha e seus potenciais eleitores. Para realizar um projeto de marketing digital eleitoral é preciso planejar e implementar  uma série de ações nos meios digitais afim de gerar resultados.

Através da análise do  marketing digital eleitoral das últimas eleições, bem como a experiência e sucesso de diversas ações de marketing digital, a Web Estratégica preparou para você candidato nas eleições de 2014, pacotes de serviços de marketing digital eleitoral que vai fazer a sua campanha decolar na web e contribuir de forma decisiva nos resultados planejados.

Confira os pacotes disponíveis:

 

Marketing Digital Eleitoral
 
Marketing Digital Eleitoral

Ações de Marketing Digital Eleitoral

Uma boa estratégia de marketing digital eleitoral, começa com planejamento e análise de presença digital do candidato. É preciso estabelecer metas, objetivos e ações para atingir os resultados esperados. Dentre as ações de Marketing Digital Eleitoral, destacam-se; 

  • Planejamento de Campanha
  • Análise de Presença Digital do Candidato
  • Site  de campanha
  • Geração de conteúdo
  • E-mail marketing
  • Gestão de Redes Sociais

Preencha o formulário abaixo e solicite uma proposta

Nome

E-mail

Assunto

Mensagem

Porque fazer uma campanha de Marketing Digital Eleitoral?

Os números falam por si só. O Brasil tem hoje mais de 80 milhões de usuários ativos na internet e estamos no topo do ranking quando falamos de acesso as redes sociais.Além disso o número de usuários de computadores e smartphones cresce ano a ano – e  cada vez mais as pessoas se relacionam e tomam decisões baseadas em informações da rede. 

Por esse números e pelo impacto que a comunicação na web pode significar , é de fundamenal importância que nas eleições de 2014, os candidadtos estejam com a sua presença online dissimenada de forma consistente. Não basta ter um site e um perfil no facebook para dizer que você faz marketing político. É importante contar uma empresa que possa planejar e implementar ações que possam trazer engajamento e consequententemente resultados eleitorais.

Legislação eleitoral – Confira o que pode e o que não pode nas eleições de 2014 na web

1 – Web Site

O que pode?

Fazer propaganda eleitoral no site do candidato, partido ou coligação (além de ter seu endereço informado à Justiça Eleitoral, o site deve ser hospedado no Brasil)

O que não pode?

Divulgar em sites de pessoas jurídicas e órgãos oficiais

Promover o site em mídia paga. Exemplo: investir no Google Adwords. 

2 – Mídias sociais

O que pode?

Publicar conteúdo (texto, áudio, vídeo ou imagem) no perfil ou página do candidato e apoiadores;

Monitorar o que os eleitores estão dizendo sobre o candidato e seus concorrentes

O que não pode?

Anúncios pagos como: Facebook Ads, LinkedIn Ads, Youtube Ads, Twitter Ads e banners em blogs de terceiros.

3 – Email Marketing

O que pode?

Disparar emails para pessoas captadas pelo candidato e sua equipe 

O que não pode?

Comprar banco de dados

Utilizar bancos de dados cedidos por terceiros 

Clique aqui e confira na íntegra a legislação sobre a propaganda eleitoral nas eleições 2014:

http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2014/normas-e-documentacoes/resolucao-no-23.404 

Pacotes de Campanhas

Confira os pacotes de serviços de Marketing Digital Eleitoral.